Você também vai amar Aruba! (nós amamos)

Há alguns meses, fomos a Aruba a convite da AHATA (Associação de Hotéis e Turismo de Aruba) para conhecer melhor o destino e trazer informações fresquinhas sobre casamento, lua de mel e férias em família. Ficamos encantados com a ilha!

Aliás, não é à toa que seu slogan é “One Happy Island” (Uma Ilha Feliz). Arrisco dizer que nunca me senti tão em casa. Apesar da grande população de americanos que residem e viajam para lá, os cidadãos arubianos são festeiros, simpáticos, solícitos e de uma felicidade ímpar. Quase que brasileiros desgarrados!

Aruba é uma pequena ilha do caribe colonizada pela Holanda, o que faz dos seus nativos portadores do passaporte europeu. A língua nativa é chamada Papiamento. Hoje este idioma é falado entre alguns locais e é passado de pai para filho.

Nas escolas públicas, as crianças aprendem o holandês, inglês e espanhol. Línguas que falam perfeitamente bem! Não tivemos qualquer dificuldade de comunicação. Se o inglês falhar, recorra ao “portunhol“.

chegando_em_aruba_09

Com uma população de aproximadamente 110 mil habitantes, Aruba tem um baixíssimo índice de violência, a ponto de não encontrarmos casas muradas. O salário mínimo está em torno de novecentos dólares, o que dá aos arubianos uma boa segurança financeira.

Quase não se vê animais perdidos por lá (os poucos que vimos estavam de coleira) e muito menos moradores de rua. O trânsito não é intenso e muito convidativo aos turistas que pretendem alugar carros.

Por ser uma ilha muito pequena, as corridas de táxi são baratas. A mais cara, se não me engano, beirava os 13 dólares. A mais barata, 6 dólares. Quem se hospeda em Palm Beach, já leva vantagem de ir a pé a lojas, bares e restaurantes badalados de lá (como Starbucks, Victoria’s Secret, MAC, Señor Frogs, Wendy’s, Tommy Hilfiger e muitas outras).

chegando_em_aruba_03

Aruba é uma ilha quente em todas as estações. O que ameniza o calor úmido, muito parecido com o calor carioca, são os ventos. Dizem que para encontrar o centro de Aruba, basta seguir o rumo das árvores, sempre apontando para um único ponto. Aquelas famosas árvores retorcidas, por sinal, são obras do vento. As que nascem na areia são chamadas de Fofoti e as que nascem na grama, de Divi Divi.

chegando_em_aruba_04

Não é muito comum encontramos hotéis all inclusive pela ilha. Ao contrário de Punta Cana e Varadero, por exemplo, Aruba possui uma grande variedade de restaurantes e atrações noturnas. Como 70% do público de turistas vem dos Estados Unidos, encontramos Burger King, Wendy’s, Taco Bell, McDonald’s, KFC, boates e bares que viram a noite!

Tudo numa pegada “americanizada” (bares e restaurantes como o TGI Fridays e Outback), com refeições a la carte que servem, tranquilamente, duas pessoas. O restaurante Moomba Beach possui refeições durante todo o dia e oferece open bar, a um preço amigável, durante a noite.

São muitas as companhias aéreas que voam para lá. As que fazem Estados Unidos – Aruba, possuem um terminal próprio, com rápido atendimento e sem muita burocracia. Nosso voo parou na Venezuela e, de lá, partiu para Aruba. Fomos informados de que haviam venezuelanos se comportando de maneira inadequada na ilha, portanto o governo foi obrigado a intensificar a segurança dos voos que partem de lá.

chegando_em_aruba_05

Aruba é um destino fantástico até para quem não curte praia. Com tantas atrações, duty frees e lojas que vendem de eletrônicos a perfumes famosos, não vão faltar motivos para te deixar feliz! Não perca nossos próximos textos, com informações detalhadas sobre hotéis e atividades turísticas.

chegando_em_aruba_07

 

chegando_em_aruba_08

 

Aruba é a maior produtora de aloe vera do mundo.
Aruba é a maior produtora de aloe vera do mundo.

 

Terminal destinado aos voos de saem dos Estados Unidos.
Terminal destinado aos voos que saem dos Estados Unidos.

Lua de Mel em Aruba

Peça sua cotação de viagem para Aruba
Lua de Mel em Aruba

[formidable id=”9″]


Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *